Notícias
Prefeitura contrata 300h máquinas para reconstruir ruas e estradas de Caçapava do Sul


A Prefeitura Municipal de Caçapava do Sul contratou o serviço de 300h máquinas para a reconstrução das ruas dos bairros, vilas e das Estradas do interior que, desde o dia 13 de janeiro, após as enchentes que atingiram o município, estão em situações precárias dificultando o trânsito de moradores e escoamento de safra.


A empresa Moro Construções-Eireli, de São Sepé, será a responsável pela reforma das ruas - juntamente com a Secretaria de Obras Municipal - cujo contrato foi assinado nesta sexta-feira (08) pelo Prefeito Giovani Amestoy:


“A Prefeitura decidiu, devido à urgência em atender nossa população, e enquanto não vem a ajuda do Estado prometida para a recuperação dessas vias, contratar 300 horas-máquinas, um investimento de quase R$80 mil. Sabemos da situação e que o produtor rural que precisa escoar safra; nossas crianças que vão às escolas, as pessoas doentes que precisam do transporte de saúde diário e o chefe de família, que sai das ruas dos bairros e vilas de suas residências para o trabalho, não podem esperar pela ajuda do Estado para se deslocar”, disse Amestoy.


O Prefeito informou ainda que será feito, a partir da próxima semana, um mutirão no Município com o maquinário da empresa Moro e também da Secretaria de Obras, para conseguir refazer as ruas e estradas.


A Secretaria de Obras informou que tem feito o reparo emergencial, de acordo com os relatórios (Defesa Civil, Emater, Seagropic e Tritícola Caçapavana) e que está sendo feito um investimento de mais de R$210 mil, após as chuvas de janeiro para o conserto das estradas. De compra e manutenção do maquinário (atualmente dois) para atendimento de toda a demanda da cidade até horas-extras e combustível para efetuar os reparos:


“Nós tivemos, por exemplo, um aumento das horas trabalhadas da nossa equipe de 362h em dezembro, para 1.200 horas em janeiro, pois, fizemos atendimento de socorro a produtores e moradores, além de mutirão, por exemplo, no Passinho da Aldeia, onde construímos mais uma galeria para ajudar a escoar a água e não mais alagar as casas como ocorreu. Estamos comprando peças para repor as máquinas, que não são muito resistentes e que devido à quantidade das horas trabalhadas têm apresentado problemas, além do combustível investido nas horas de serviço”, informou o Secretário Paulo Henriques, cujo relatório apresentado à Defesa estima em sua pasta prejuízo de mais de R$800 mil por conta das chuvas que danificaram as estradas.


Participaram da reunião da assinatura o Secretário-adjunto de Obras, Vitalino Rosa e chefe de Gabinete Hygor Casanova.


Publicado em 08/02 11:42
Últimas notícias
 Compir prorroga inscrições de concurso fotográfico
 Obras recuperam diversas estradas do interior e desentope bueiros no centro
 Campeonto de campo 2ª Divisão começa com dezenas de gols
 Almerinda e Marcelino se casaram na Ascai, neste Sábado de Aleluia
 O primeiro sim da Ascai. Após 30 anos, asilo realizará 1º casamento entre moradores
 Obras arruma estradas com a nova plaina niveladora
 Clube da Melhor Idade e Vivência ganha ares-condicionados
 Caçapava realiza uma super Conferência da Saúde
 Assistência social busca recursos em Brasília
 Associação de Piscicultores promove Feira do Peixe em Caçapava